making off do travesseiro

Bob veio e primeiro fumamos um cigarrim e ouvimos Regina Spektor. Aí a gente conversou longamente sobre o conceito do travesseiro e é muito bom notar como – desde seeeempre, desde que nos conhecemos, em 2001, acho – nossas linhas de raciocínio se cruzam, se enlinham dum jeito tão engraçado, confortável, divertido e cheio de surpresas. Supercordas! Preciso dizer pra vocês, de todos os parceiros que tenho ou tive em matéria de criação, Bob (ou A. Pessoa Bob) é um dos mais _____________ (vou pensar num nome que dê conta no enorme prazer de trabalhar com ele).

testando a caneta na alça da minha bolsa

testando a caneta na alça da minha bolsa

é, vai rolar

é, vai rolar

A idéia partiu de ter o mundo do sono e sonho como um mar onde se mergulha. “Fazer tchibum na cama”, lembra? E usar os dois lados do travesseiro como algo que se complementa, superfície e profundeza, intercalados por um espaço de maciez para quando se está no estado mais vulnerável. Quando fechamos os olhos pra dormir nos lançamos a outro mundo, mergulho (mar) e queda livre (após o salto).

– Qual um sinônimo pra travesseiro?

“Receptáculo” era uma palavra muito egípcia, “catapulta” era muito brusca. Aí me veio “trampolim”. Tem um i com um pingo, termina da forma que nós cearenses falamos o diminutivo (comendo a última sílaba) e ainda parece um brinquedo. Um brinquedim.

pra ir ainda mais longe no mergulho... pés de pato!

pra ir ainda mais longe no mergulho... pés de pato!

E como se desenha o mar num travesseiro? Hunmnm nossa inspiração foi o clip do Smashing Pumpkings, “Tonight, Tonight”.

é, dá barato, experimenta fazer isso em casa!

é, dá barato, experimenta fazer isso em casa!

Aí a gente treinou as pontas (mais fininha e mais grossa) das canetas e a proporção da letra e a disposição ods elementos no espaço da fronha… E não se pode errar! aaaaaaaaaaaaaaaaaa

é, muita alma nessa hora!

é, muita alma nessa hora!

O barquinho azul e os pés de pato vermelhos sãoos dois únicos elementos coloridos do travesseiro. O lado de dentro e o de fora da gente. Sangue e céu/água, medo e coragem, e as pílulas do Matrix – realidade ou simulação. (Eita, viajei.)

Então, amanhã posto a foto do travesseirim pronto, frente e verso. Por enquanto arrume seu pijama, leia o post anterior e divulga pra gente querida!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: